A Rãnzinha da Sorte - descortinandohistorias

Ir para o conteúdo

Menu principal:

A Rãnzinha da Sorte

Sua Historia > Publicadas

Adpatada por: Ronaldo Prado
Publicada em: 22/05/2011

Esta história está publicada em diversos sites na internet,  
sem um autor identificado.   

Por seu humor leve, resolvi também publicar a minha  versão da história:

Um dia decidi sair do trabalho mais cedo e fui jogar golfe.

Quando estava escolhendo o taco, notei que havia uma rã perto dele. A rã então me disse:

— Croc-croc! Taco de ferro, número nove!

Eu achei graça, pensei que estava delirando, mas resolvi tentar.

Peguei o taco que ela sugeriu e bati na bola. Para a minha surpresa a bola parou a um metro do buraco!

— Uau! — gritei eu, me virando para a rã. — Será que você é minha rã da sorte?

Então resolvi levá-la comigo até o buraco.

— O que você acha, rã da sorte?

— Croc-croc! Taco de madeira, número três!

Peguei o taco e bati. Bum! Direto no buraco!

Dali em diante acertei todas as tacadas e acabei fazendo a maior pontuação da minha vida!

Resolvi levar a rã pra casa e, no caminho, ela falou:

— Croc-croc! Las Vegas!

Mudei o caminho e fui direto para o aeroporto! Nem avisei minha esposa! Chegando em Las Vegas a rã disse:

— Croc-croc! Cassino, roleta!

Evidentemente, obedeci a rã, que logo sugeriu:

— Croc-croc! dez mil dólares, preto 21, três vezes seguidas.

Era loucura fazer aquela aposta, mas não hesitei. A rã já tinha credibilidade.

Coloquei todas as minhas fichas e deu na cabeça! Ganhei milhões!

Peguei toda a grana e fui para a recepção do hotel, onde exigi uma suíte imperial.

Tirei a rã do bolso, coloquei-a sobre os lençóis de cetim e disse:

— Rãzinha querida! Não sei como lhe pagar todos esses favores!

Você me fez ganhar tanto dinheiro que lhe serei grato para sempre!

E a rã replicou:

— Croc-croc! Me dê um beijo! Mas tem que ser na boca!

Tive um pouco de nojo, mas pensei em tudo que ela me fez e mandei ver!

Como estava muito cansado e com sono, adormeci.

Ao acordar, de manhã,  uma bela surpresa:  

A rã havia se transformado numa linda gartoa de 17 anos.

Juro por Deus, Meritíssimo!

Foi assim que essa menina apareceu na minha cama em um quarto de hotel em Las Vegas.





 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal